Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Antigas > OCDE prepara relatório sobre situação da defesa da concorrência no Brasil

Notícias

OCDE prepara relatório sobre situação da defesa da concorrência no Brasil

OCDE

Consultor da OCDE, John Clark, está no Brasil
por Assessoria de Comunicação Social publicado: 28/10/2009 09h00 última modificação: 07/03/2017 14h06

O Brasil recebe esta semana o Consultor da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), John Clark, responsável pela realização de entrevistas que embasarão o Peer Review (Revisão entre Pares) sobre o Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência (SBDC).

A visita de John Clark tem por objetivo a realização de uma avaliação do SBDC, pque resultará em um relatório final no qual será feito um balanço das características e evolução do Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência nos últimos cinco anos, considerando os pontos positivos e questões a serem aprimoradas. Para a formulação do documento, o consultor da OCDE entrevista nas cidades de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro, entre os dias 26 e 30 de outubro, autoridades e especialistas da área, buscando informações sobre a atuação dos órgãos de defesa da concorrência no Brasil, os avanços alcançados e os desafios a serem enfrentados. O relatório será apresentado, juntamente com recomendações da OCDE para o aprimoramento do SBDC, nas reuniões da OCDE em Paris, em fevereiro de 2010, quando o Brasil irá se submeter a uma revisão entre os pares no Comitê de Concorrência da Organização.

Para a realização das entrevistas e reuniões o Consultor John Clark conversou com diversas autoridades e representantes do governo e de entidades particulares, são eles:

STJ - Ministro Antonio Herman Benjamin;
Justiça Federal - Juíza Maria Cecília de Marco Rocha;
TRF - Desembargadora Selene Maria de Almeida;
MPF - Sub-Procurador Geral Aurélio Rios, Augusto Aras (Representante do MPF no Cade) e Marco Conforto (Assessor do MPF no Cade);
Cade - Arthur Sanchez Badin (Presidente), César Mattos (Conselheiro), Gilvandro Vasconcellos (Procurador-Geral), Valéria Guimarães de Lima e Silva (Assessora Internacional), Eduardo Pontual (Vice-Economista Chefe), Breno Zaban (Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental), Ricardo Medeiros (Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental), Francisco Schertel (Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental), Marcelo Oliveira (Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental), Leticiá Monteiro (Chefe de Serviço) e Thalia de Azevedo (Chefe de Serviço);
SDE – Mariana Tavares de Araújo (Secretária de Direito Econômico) Diego Faleck (Chefe de Gabinete da SDE), Fernanda Machado (Coordenação-Geral de Compras Públicas) e equipe;
SEAE - Antonio Henrique Silveira (Secretário de Acompanhamento Econômico), Mário Gordilho (Assistente Técnico da SEAE), Ricardo Kalil (Coordenação-Geral de Controle de Estruturas de Mercado);
ANEEL - Joísa Campanher Dutra (Diretora), Frederico Rodrigues (Superintendente de Estudos Econômicos de Mercado), Haldane Fagundes Lima (Assessor da Diretoria);
BACEN - Mitchurine Borges Diniz (Chefe de Divisão) e equipe;
ANATEL - Jarbas Valente (Superintendente de Serviços Privados) e equipe;
Deputado Ciro Gomes;
Francisco Aníbal Oliveira de Arruda Coelho Filho (Chefe de Gabinete do Senador Romero Jucá) e
Advogados - Mauro Grinberg, Tito Amaral de Andrade, Sérgio Bruna, Caio Mário, Paula Forgioni e Bárbara Rosenberg.

A avaliação da OCDE é de suma importância para o SBDC, uma vez que retoma a análise feita pela Organização em 2005, quando a "revisão entre pares" e o relatório então elaborado pelo consultor resultaram em recomendações para a melhoria de aspectos significativos do SBDC, de modo a ampliar sua eficiência e acompanhar as melhores práticas adotadas por jurisdições estrangeiras dotadas de avançados sistemas de defesa da concorrência. A implementação de diversas recomendações da OCDE de 2005 implicam mudança estrutural do SBDC e encontram-se previstas no Projeto de Lei 06/2009 atualmente em trâmite no Senado Federal.

John Clark
O Consultor que este ano visita o Brasil, exerceu grande parte de sua carreia na Divisão Antitruste do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, onde ocupou diversas posições, incluindo a de Vice Diretor-Geral daquela Divisão.